Imprensa
PROJETO

Segunda convocatória do AL-Invest Verde é tema de oficina promovida pela CACB

Foram apresentadas todas as informações necessárias para que entidades brasileiras possam apresentar propostas para serem financiadas pelo projeto

19 de junho de 2023 às 15:51

A CACB realizou na última sexta-feira (16) uma oficina para detalhar a segunda convocatória para inscrição de projetos no AL-Invest Verde, aberta até 23 de agosto de 2023.

Durante a abertura, o vice-presidente da Micro e Pequena Empresa da CACB, Itamar Manso Maciel, citou a economia circular como um tema relevante, que tem sido debatido pelas maiores corporações mundo afora. “Em conjunto com o AL-Invest, a CACB está levando esse debate para dentro das micro e pequenas empresas do país. Nosso objetivo, é dar a este público apoio para a transição para uma economia circular, gerando novos empregos e otimizando a gestão destes negócios”, afirmou.

De acordo com o superintendente da CACB, Carlos Rezende, o diferencial agora, para as entidades brasileiras, é a possibilidade de que os projetos sejam entregues em Português. “São dois temas principais nos quais as organizações poderão apresentar suas propostas, sempre apontando para iniciativas que apliquem ações mais sustentáveis em gestão”, pontuou.

Nesta etapa, que prevê o orçamento de 12 milhões de euros, o consórcio do qual a CACB participa, selecionará projetos dentro de dois temas principais: 1) Sistemas agroalimentares e as cadeias de valor sustentáveis e livres de desmatamento e 2) Transição para modelos produtivos de baixo carbono, circulares e eficientes no uso de recursos.

Os interessados tem à disposição entre $200 mil a $300 mil euros de subsídios para cada proposta apresentada.

É importante que os projetos apresentem efeito multiplicador, isto é, que possam ser replicáveis em outras regiões e que possuam potencial de sinergia com outros projetos e iniciativas em nível nacional e regional. Os projetos selecionados devem ter duração de 18 a 27 meses.

“A parceria entre o Brasil e a União Europeia é bem consolidada, mas o melhor ainda está por vir, e AL-Invest vai contribuir muito com isso. Esperamos ter a participação de muitas entidades brasileiras e europeias nesta segunda convocatória”, disse Stefan Agne, chefe de Cooperação – Delegação Europeia no Brasil.

Já o Project manager do AL-Invest, Frank Summa, apresentou um histórico dos 28 de vida do projeto, até a fase atual, com foco na economia circular. “Queremos promover o crescimento sustentável e a criação de empregos, apoiando a transição para uma economia baixa em carbono e eficiente no uso de recursos em toda a América Latina”, pontuou.

“O mais importante na participação é o desenvolvimento das empresas, o que é, de fato, o foco da União Europeia. No fundo, esses negócios se tornarão mais competitivos e mais fortes no mercado. É este o exemplo que temos das participações na edição anterior”, completou Rezende.

Na primeira convocatória, realizada em 2022, foram recebidas 137 propostas e selecionados 24 projetos que, atualmente, estão sendo desenvolvidos em diversos países da região.

No Brasil, os projetos da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), intitulado Economia Circular no Triângulo: transição inclusiva para uma economia de baixo carbono em MPEs do Triângulo Mineiro, e da FGV, chamado Ancorando Cadeias de Valor Sustentáveis no Brasil, foram contemplados na primeira convocatória do AL-Invest Verde.

Para inscreverem os projetos, as entidades devem formar consórcios de, pelo menos, uma instituição latinoamericana e outra da União Europeia, apresentando propostas inovadoras para o financiamento de projetos de economia verde, em benefício das PMEs na América Latina.

Uma das instituições deve ser definida como solicitante ou candidato principal e as outras, como cosolicitantes. As instituições elegíveis são organizações representativas do setor privado, sem fins lucrativos, pertencentes à UE e a países latino-americanos como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Para apresentar a proposta, basta acessar o site https://alinvest-verde.eu/pt_pt_ao90/segunda-convocatoria/

Clique aqui e acesse o edital com todas as informações da convocatória.

B2MATCH

No AL-Invest Verde, todos os projetos devem ser inscritos em parceria entre ao menos uma instituição da América Latina e uma da Europa.

Para facilitar a interação com potenciais sócios, você pode acessar a plataforma virtual B2Match.

Inscreva-se gratuitamente: https://al-invest-verde-componente.b2match.io/

O AL-Invest Verde

O AL-Invest Verde é um projeto financiado pela União Europeia que tem como objetivo promover o crescimento sustentável e a criação de empregos no Brasil e em mais 17 países da América Latina. A iniciativa visa a apoiar as micro e pequenas empresas latino-americanas na transição para uma economia circular, eficiente em termos de recursos, com baixa emissão de carbono e baseada em inovação e digitalização.

Ao longo de quatro anos, 25 milhões de euros serão investidos em ações de apoio ao setor privado latino-americano, focadas na promoção de práticas sustentáveis que contribuam para a competitividade das MPEs. O repasse dos recursos é feito por um consórcio liderado pela organização alemã Sequa.

O consórcio é formado pela líder Sequa, a CACB- Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil; a Cainco- Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz, da Bolívia; a Agexport- Associação de Exportadores da Guatemala; a CCL- Câmara de Comércio de Lima, Peru; o Coparmex- Centro Empresarial de Jalisco, México; e a Eurochambers- Associação das Câmaras de Comércio e Indústria Europeias.

São elegíveis organizações empresariais que representem o setor privado, como por exemplo: Associações Comerciais, Industriais e profissionais específicas do setor; Câmaras de Comércio; Câmaras bi ou multilaterais; Cooperativas; agências setoriais que trabalham com as MPEs; organizações voltadas para a inovação digitalização ou transição para a economia verde, entre outras.

Para participar, é necessário que a organização seja uma pessoa jurídica sem fins lucrativos e que esteja estabelecida em um dos países elegíveis da América Latina ou em um Estado Membro da União Europeia.

Últimas Notícias

Empresários participaram da reunião sobre a revitalização do centro de Manaus com o diretor do Implurb Empresários participaram da reunião sobre a revitalização do centro de Manaus com o diretor do Implurb
Comércio 20 de fevereiro de 2024 às 18:18

Empresários participaram da reunião sobre a revitalização do centro de Manaus com o diretor do Implurb

Associação Comercial do Amazonas completa 152 anos com Sessão Comemorativa Associação Comercial do Amazonas completa 152 anos com Sessão Comemorativa
Aniversário 20 de fevereiro de 2024 às 18:15

Associação Comercial do Amazonas completa 152 anos com Sessão Comemorativa

CMEC e Sebrae lançam pesquisa para mapear perfil da mulher empreendedora no Brasil CMEC e Sebrae lançam pesquisa para mapear perfil da mulher empreendedora no Brasil
Mulher Empreendedora 16 de janeiro de 2024 às 19:14

CMEC e Sebrae lançam pesquisa para mapear perfil da mulher empreendedora no Brasil

Treinamento capacita consultores para realizar diagnósticos nas ACEs do Sistema CACB Treinamento capacita consultores para realizar diagnósticos nas ACEs do Sistema CACB
GESTÃO 16 de janeiro de 2024 às 19:07

Treinamento capacita consultores para realizar diagnósticos nas ACEs do Sistema CACB

CACB conquista previsão de que não haverá aumento de carga no texto proposta da Reforma Tributária CACB conquista previsão de que não haverá aumento de carga no texto proposta da Reforma Tributária
TRIBUTOS 7 de julho de 2023 às 09:35

CACB conquista previsão de que não haverá aumento de carga no texto proposta da Reforma Tributária

Reforma Tributária: CACB reforça sugestões de alterações do texto em encontro da Frente Parlamentar de Comércio e Serviços Reforma Tributária: CACB reforça sugestões de alterações do texto em encontro da Frente Parlamentar de Comércio e Serviços
POSICIONAMENTO 5 de julho de 2023 às 16:55

Reforma Tributária: CACB reforça sugestões de alterações do texto em encontro da Frente Parlamentar de Comércio e Serviços

Serviços

Ver todos

Soluções dedicadas ao empresário brasileiro

Conheça nossos serviços para a sua empresa.

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Eventos

Ver todos

Agenda dos Eventos Empresarias

Participe dos eventos organizados por entidades que apoiam os empresários da região.

Busca

Fechar

Categorias de Serviços

Fechar

Associações

Fechar
Logomarca Hotpixel