Busca

Pedido de Orçamento

“Impacto fiscal foi o possível”, diz Guedes sobre Previdência

Envie seus dados. Nós respondemos!
  • Clique no link abaixo para fazer a verificação antes de enviar o formulário.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Comprar

“Impacto fiscal foi o possível”, diz Guedes sobre Previdência

Para comprar vá até a nossa loja.
  • Ou entre em contato por telefone.
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Enviar Mensagem

Envie uma mensagem. Nós respondemos!
  • Clique no link abaixo para fazer a verificação antes de enviar o formulário.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Agendar

  • O agendamento se dará de acordo com a disponibilidade. Retornamos para confirmar.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Regras

Leia as Regras
  • Se preferir entre em contato com a gente.
  • Horário de Atendimento:
Filtros
Filtros
ACESITE Exemplo

home

Guia de Associados

Segmentos

Consulta SCPC

Economia

“Impacto fiscal foi o possível”, diz Guedes sobre Previdência

Ministro visitou plenário do Senado para acompanhar votação. Pelo Twitter, o presidente Bolsonaro comemorou a aprovação do texto-base ler

23 de outubro de 2019 - 10:59

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A economia de R$ 800 bilhões nos próximos dez anos com a reforma da Previdência foi “a possível”, disse há pouco o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele visitou o Plenário do Senado pouco antes de o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP) proclamar o resultado da votação do texto principal da proposta de emenda à Constituição (PEC).

“O impacto fiscal foi o que era possível. Estamos muito felizes com o resultado. E estamos a caminho das próximas reformas”, disse Guedes rapidamente antes de deixar o Congresso.

Na rede social Twitter, o presidente Jair Bolsonaro, que está em viagem oficial a países da Ásia, comemorou a aprovação do texto base: “Parabéns povo brasileiro! Essa vitória, que abre o caminho para nosso país decolar de vez, é de todos vocês!”.

Depois de três horas de debate e encaminhamentos, o texto base da PEC foi aprovado por 60 votos a 19. Agora, os senadores votam o primeiro dos quatro destaques à proposta.

De autoria do senador Telmário Mota (PROS-RR), o primeiro destaque permite a votação em separado da conversão de tempo especial em comum ao segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que comprovar tempo de serviço por insalubridade.

Fonte: Agência Brasil

Veja também

Mais lidas